terça-feira, fevereiro 13, 2007

Supernovas

Supernova é o nome dado à explosão de uma estrela com mais de 10 massas solares, produzindo uma nuvem de plasma extremamente brilhante. O brilho destes objectos vai diminuindo até se tornarem invisíveis passadas algumas semanas ou meses. Em apenas alguns dias o seu brilho pode aumentar um bilião de vezes a partir de seu estado original tornando a estrela tão brilhante como uma galáxia .

Remnants of Kepler's Supernova (en:SN 1604). This image has been constructed of images from NASA's en:Spitzer space telescope, Hubble Space Telescope, and en:Chandra X-ray Observatory.

A explosão de uma supernova pode expelir para o espaço até cerca de 9/10 da matéria inicial da estrela. O núcleo remanescente passa a ter uma massa superior a 1,5 Massas solares, a Pressão de Degenerescência dos electrões deixa de ser suficiente para manter o núcleo estável e em consequência os electrões colapsam com o núcleo dos átomos colidindo com os protões e originando neutrões. O resultado é um estrela composta por neutrões com aproximadamente 15km de diametro e extremamente densa, conhecida como estrela de neutrões ou Pulsar. Quando a massa do núcleo de uma estrela ultrapassa 3 massas solares a Pressão de Degenerescência dos neutrões não consegue manter o núcleo e a estrela continua a colapsar dando origem a uma singularidade no espaço-tempo conhecida como Buraco Negro.

Texto adaptado de fontes da Wikipédia.

1 comentário:

Bárbara disse...

Era só para elogiar o trabalho e pedir para que posessem informações sobre Supernovas - a morte de um planeta.