domingo, abril 08, 2007

Açores: a whola lotta shakin' goin' on


Três dias depois do último post sobre este assunto a actividade sísmica nos Açores está longe de diminuir, continuando a haver vários sismos diários tanto na zona dos Ilhéus das Formigas como a Oeste do Faial.
Contudo, para as autoridades responsáveis tal actividade é normal e não parece haver grandes razões para preocupação, e como eles percebem mais disso do que eu, que ainda por cima moro muito longe dos Açores, fico muito mais descansado.

2 comentários:

FT disse...

O, não, os ilhéus, permitam-me a correcção. São 8.

"

Os Ilhéus das Formigas, apesar de quase sempre referidos quando se listam as ilhas do Grupo Oriental do arquipélago, são um dos locais menos conhecidos dos Açores. Na Ponta do Castelo, extremo sudeste da ilha de Santa Maria, do Farol da Maia ou de Gonçalo Velho, usando um binóculo avistam-se bem os ilhéus. Apesar da pequenez do território emerso (cerca de 0,9 ha), o banco submerso que os rodeia tem grande interesse biológico. Terão sido avistados em 1431, por Gonçalo Velho Cabral, na sua primeira busca das ilhas achadas pelo piloto Diogo de Silves.


Os oito rochedos que compõem os ilhéus são muito baixos, tendo o mais elevado, o Formigão, 11 m de altura acima do nível médio do mar, pelo que são naturalmente desabitados.

Os ilhéus situam-se 37 km a nordeste da ilha de Santa Maria e 63 km a SE da ilha de São Miguel. A sua disposição forma um alinhamento Norte-Sul com um comprimento total de 165 m e uma largura de cerca de 80 m.

Do ponto de vista geológico, os ilhéus das Formigas são formados, essencialmente, por escoadas de basalto, interrompidas por veios calcários que contêm fósseis de invertebrados marinhos que remontam, possivelmente, ao Miocénico.

As águas circundantes são de grande importância ecológica devido à diversidade de vida marinha que albergam e ao facto de constituírem local de reprodução e alimentação para muitas espécies incluindo tubarões, tartarugas e vários cetáceos.(...)"

A informação esta Aqui, se alguém quiser ler o artigo completo.

Rui M disse...

ups, foi um lapso