terça-feira, abril 24, 2007

Algumas curiosidades históricas sobre sismos


No passado as pessoas acreditavam que os sismos ocorriam quando Atlas, o titã mitológico condenado a carregar o mundo nas suas costas, encolhia os ombros.

O filósofo grego Aristóteles reconheceu em 350 a.C. que os terrenos “mais moles” e menos consolidados abanavam mais do que as rochas duras.

O filósofo grego Séneca (a.C. 5-65 d.C.), conselheiro do Imperador Nero, no seu tratado sobre as causas dos fenómenos naturais, dedicou um capítulo inteiro aos sismos, tendo referido que eles tinham uma causa comum e que provavelmente estariam associados às trovoadas.

A escala de magnitude de Richter foi desenvolvida em 1935 por Charles F. Richter.

“É um bocado humilhante ver obras que levaram tanto tempo a fazer e custaram tanto dinheiro ao Homem serem destruídas em minutos. No entanto, na compaixão para com os habitantes é quase instantaneamente esquecida em nome do interesse suscitado em saber-se do estado das coisas produzidas em determinada altura. As pessoas estão acostumadas a atribuir isso a uma sucessão de eras”. Charles Darwin sobre o terramoto de Concépcion, Chile, 1835.


Texto adaptado de História Merdosa de Quase Tudo, de A. Parody. Publicações Europa- América.

3 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Bom, "curiosidades" ainda consigo admitir...

Históricas, custa-me um pouco mais a engolir!!!!

Mas, de qualquer modo, uma outra leitura que pode ajudar a compreender os factos reais!!!!

Anónimo disse...

muito bom haviam de existir pessoas como voce nao e todos os dias q encontramos um site interessante!!!

Marines disse...

gostaria de saber umpouco mais sobre as curiosidades dos sismos... aliais informaçaoes nunca e demais...