terça-feira, março 31, 2009

Christian the lion

1 comentário:

geocrusoe disse...

Não sei se a história é mesmo totalmente verdadeira, a ser, é uma lição para o orgulhoso homem que se julga o único ser possuidor de verdadeiros sentimentos, saudades e memória