terça-feira, junho 19, 2007

Campo Magnético Terrestre

Vi ontem um programa que documentava o conjunto de fenómenos que permitiu o aparecimento da Vida na Terra. Um deles, por vezes esquecido, é a existência do campo magnético terrestre, que nos protege do constante bombardeamento de partículas carregadas provenientes da coroa solar. O campo magnético deflecte as partículas em torno da Terra, protegendo-a (ver figura 1).


Figura 1: O vento solar e a Magnetosfera


A origem do campo magnético da Terra é ainda hoje discutida, mas a teoria mais aceite é a de que o nosso planeta possui um núcleo externo líquido constituído por ferro e níquel que se encontra em movimento (Ver figura 2). O movimento destes metais fundidos origina um campo eléctrico no interior do núcleo que por sua vez origina o campo magnético terrestre.


Figura 2: Estrutura e interna da Terra.

Marte não possui campo magnético com origem interna, isto deve-se ao facto do planeta não possuir um núcleo fundido. Muitos cientistas acreditam que de facto esta é a explicação para a aparência desértica da superfície de Marte (ver figura 3). A ausência de campo magnético não impede o bombardeamento de partículas solares carregadas o que causa a deterioração da atmosfera do planeta e em consequência provoca a sua desertificação.

Figura 3: Marte visto pela Spirit.


Outras condições necessárias para o aparecimento de Vida na Terra é a existência de água no estado líquido e de uma atmosfera rica em oxigénio. Estes assuntos poderão ser discutidos em posts subsequentes, pois pelo menos a necessidade da existência de oxigénio continua a ser um assunto controverso.


Existe pelo menos outro facto interessante em relação ao campo magnético terrestre: este inverte periodicamente a sua polaridade. Quais as causas desta inversão? Quais as consequências? Afectará a Vida? Este assunto também será desbravado num post seguinte a aparecer em breve.

14 comentários:

Anónimo disse...

Uma atmosfera rica em oxigénio é certamente dificil de defender como sendo essencial para o aparecimento da vida, pois pelo que aprendi a nossa atmosfera só passou a ser rica em O2 a partir do momento em que se desenvolveram organismos fotossintéticos. Aliás, a "contaminação" da atmosfera com O2 foi responsável por uma percentagem brutal de extinções...

joao_moedas disse...

Sim de facto é verdade, cometi um erro. A água parece ter sido essencial ao aparecimento de vida na Terra, a existência de O2 não é de todo necessária. Hoje sabe-se que as concentações de O2 na atmosfera aumentaram devido há actividade fotosintética das cyanobactérias. Uma atmosfera rica em O2 terá surgido há "apenas" cerca de 2500 Ma, despoletando a origem da vida eucarionte.

No entanto o oxigénio no seu estado de ozono (O3) é extremamente importante para a vida fora de água, visto que absorve a radiação ultra violeta nociva.

O2 + energia uv → 2O
O + O2 + energia uv → O3

É verdade que nem todos os organismos necessitam do oxigénio molecular atmosférico para o seu metabolismo, existem também os seres fotosintéticos e os seres quimiosintéticos.

Foi um lapso o oxigénio não é essencial para o aparecemento de Vida. Queria de facto dizer no post que o O2 é essencial para apareceimento da maioria das formas de Vida "evoluida", em particular os seres inteligentes, acabei por misturar as coisas e cometi um erro.

Caro anónimo muito obrigado pela correcção :)

Garfield disse...

A respeito do campo magnetico da Terra ... se sabe q este está perdendo forca aceleradamente junto com a rotacao terrestre mas o que de fato tem causado esse enfraquecimento tao rapido e desproporcional...? e quando o campo parar ele ira se inverter nos polos e tornar a girar novamente ou naum?

Terra Que Gira disse...

O tema é complexo e estou longe de ser um especialislta na matéria :)

Deixo aqui alguns links interessantes sobre o assunto:

http://news.nationalgeographic.com/news/2004/09/0927_040927_field_flip.html

http://www.pureenergysystems.com/news/2005/02/27/6900064_Magnet_Pole_Shift/

http://en.wikipedia.org/wiki/Earth's_magnetic_field

Anónimo disse...

os links sao muito interessantes mas nao trazem nada sobre a causa do desse enfraquecimento desproporcional se alguem souber de algo ou algum outro link que ajude =) postem ai!

Anónimo disse...

Neste link possui algumas explicações sobre o enfraquecimento do campo magnético!
espero q gostem

xD

http://www.google.com.br/url?sa=t&ct=res&cd=5&url=http%3A%2F%2Fwww.origemedestino.org.br%2Ffisica%2Fmagnetico.html&ei=oYUeR9jrGZbcwwLIsbj-AQ&usg=AFQjCNHAr53N8avm6pnEUHXRWkJyAhnesg&sig2=njiF2cLhRa5do-lH0d7ZWg

Anónimo disse...

o que causa o campo magnetico terrestre?

Anónimo disse...

tem um texto mais básico..?estrutura interna da terra???

francy disse...

isso só comprova mas uma vez, que o home nunca foi a lua, imagina se seria possível alguém passar por esse campo magnético de ida e vinda e passar ileso sem nenhum arranhão...meio estranho isso ...acho que isso é trabalho para o superman

karen layne disse...

assista o filme: o núcleo,e entenderá mais ou menos como funciona o campo magnético da terra e as consequencias de sua ausencia,o filme é ficticio ,mais dá pra ter uma base :)

Anónimo disse...

falo e disse karen.. pessoal que ainda esta com duvida o filme o nucleo eh muito bom. e deixa esta ideia bem clara.. eu recomendo..

ivan gumende disse...

francy as naves espaciais usam propulsores a jato de hélio e hidrogénio,o que lhes proporciona uma super potência, capaz de atravessar o campo.e estando assim para a orbita espacial.

ivan gumende disse...

francy as naves espaciais usam propulsores a jato de hélio e hidrogénio,o que lhes proporciona uma super potência, capaz de atravessar o campo.e estando assim para a orbita espacial.

ivan gumende disse...

francy as naves espaciais usam propulsores a jato de hélio e hidrogénio,o que lhes proporciona uma super potência, capaz de atravessar o campo.e estando assim para a orbita espacial.