sexta-feira, janeiro 27, 2006

Mozart .o Matemático!


De acordo com a irmã, quando era aluno, Mozart "só falava e só pensava em números"! Além disso, nas margens de algumas das suas composições encontramos equações matemáticas, onde calculava as probabilidades de ganhar a lotaria!
As raízes da matemática e da música são muito próximas, dadas as suas propriedades de ordem, harmonia, combinações. A música brilhante de Mozart tanto pode ser fruto do seu génio musical, como resultado de equações matemáticas.
Na exposição Matemática Viva, patente no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva, o módulo Jogo de Dados de Mozart ilustra, de uma maneira interactiva, a influência do génio musical e da matemática na obra do compositor. Reza a história que Mozart era preguiçoso e muitas vezes, quando lhe era encomendada uma peça, não estava com vontade de trabalhar. Assim, produziu uma série de compassos e colocou-os numa tabela com dezasseis colunas e 11 linhas. Com base nisso, construiu um método de composição que exigia apenas dois dados. Ao lançar os dados, escolhia aleatoriamente um compasso. O número de diferentes melodias que se podem obter por este processo é de 42 seguido de 34 zeros!
O que significa que, se vier ao Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva experimentar o Jogo dos Dados de Mozart, muito provavelmente irá obter uma composição musical inédita da autoria de Mozart. De facto, se um visitante experimentasse este jogo uma vez por minuto, sem nunca parar e obtendo sempre combinações diferentes, demoraria muitos milhares de anos até esgotar todas as possibilidades.
Neste Ano Mozart, venha à uma exposição de Matemática no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva ouvir uma música inédita de Mozart.
Fonte: Pavilhão do Conhecimento
Para mais informações:
Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva
Tel. 218 917 100
Email: info@pavconhecimento.pt

Sem comentários: